Como é calculado o Fator de Sensibilidade à Insulina (FSI)

O Fator de Sensibilidade à Insulina  é o valor que uma unidade de insulina de acção rápida faz descer a glicemia, que já foi explicado aqui.
Este valor é calculado pelas equipas médicas, e em alguns casos pelos pais/cuidadores ou pela própria pessoa com diabetes tipo 1, após serem ensinados a fazê-lo pela equipa médica.
Este cálculo é feito através da regra dos 1800.
Esta regra tem em conta a Dose Diária Total de Insulina (DDTI). Esta dose engloba quer a insulina rápida, quer a lenta de um dia, mas para o cálculo, tendo em conta que os dias são diferentes, deve-se utilizar uma média de alguns dias.

Exemplo: Dose Diária Total de Insulina (média) = 60 unidades, então

Portanto uma unidade de rápida baixa a glicemia em 30mg/dL

Como se torna difícil na prática clínica diária calcular o FSI para cada doente, esta fonte apresenta uma tabela de insulina suplementar (ou de correcção) admitindo três grupos de doentes: insulino-sensíveis; insulino-resistentes e um grupo intermédio (esquema de Trence).

Fonte: Recomendações Conjuntas da Sociedade Portuguesa de Diabetologia (SPD)/Sociedade Portuguesa de Medicina Interna (SPMI) sobre a Abordagem e Tratamento da Hiperglicemia em Internamento (Não Crítico)