Esparguete vs “Esparguete” de courgette

Esparguete  vs “Esparguete” de courgette

Chamámos esparguete de courgette, mas não o é, para utilizarmos o termo correto, terá de ser courgette espirilizada.

Basicamente com um utensílio correto, e que se encontra com enorme facilidade, podemos transformar uma courgette em algo idêntico a esparguete.

Quem diz uma courgette, diz batata, cenoura.

Mas vamos a factos.

 

A courgette obviamente não é igual ao esparguete normal, o de sêmola de trigo.

Enquanto que este último tem uma quantidade enorme de utilização na alimentação tradicional, a courgette ainda não o tem.

O esparguete ganha claramente em quantidade de hidratos de carbono e ainda em proteína.

Mas acaba aqui o ganho do esparguete, pois em termos nutricionais, perde em tudo o resto.

A questão é se este ganho, o dos hidratos de carbono, será mesmo um ganho.

Serão os hidratos de carbono o mais importante numa alimentação saudável?

E se a pessoa tiver diabetes?

Não será mais proveitoso fazer uma troca entre estas duas opções, reduzindo dessa forma a quantidade de hidratos de carbono e controlando melhor a glicemia, em especial o pico glicémico?

Ao reduzir os hidratos de carbono, reduz-se a quantidade de insulina a administrar e consequentemente torna-se mais fácil controlar os valores, reduzindo o risco de hipoglicemia e de hiperglicemia.

Deixamos o link para algumas receitas com courgette espirilizada:

 

Esparguete de Courgette Salteado com Cogumelos

 

Massa de courgette com camarão e lima

Noodles de Courgette com Camarão e Cogumelos

 

Zoodles com Almôndegas de Frango e Ervas