Fator de Sensibilidade à Insulina – FSI

O Fator de Sensibilidade à Insulina é o valor que uma unidade de insulina de acção rápida faz descer a glicemia.

Este valor é utilizado para correcções de glicemia.

As correcções são realizadas em qualquer momento, mas com devidos cuidados deverão ser realizadas após 3-4h a última administração de insulina rápida.

Consideremos uma pessoa que tem um FSI de 40, ou seja, uma unidade de insulina fará descer 40.

Imaginemos que 4h após a refeição, a glicemia é de 210, ou seja, a glicemia pós-prandial é 210. A glicemia alvo desta pessoa é de 100.

Esta pessoa para corrigir terá de, dependendo das unidades que lhe seja possível administrar, que dependem de ter bomba de insulina, caneta de meia unidades, caneta de unidades.

O cálculo para a correcção será o mesmo:

O valor obtido através desta expressão NÃO DEVE SER ARREDONDADO QUANDO se vai adicionar ainda a insulina para os hidratos de carbono que se vão consumir.

Portanto, neste caso:

Este cálculo dá 2,75 unidades.

Perante as 3 hipóteses referidas teremos então:

1.Com bomba de insulina

Dará este valor pois a bomba permite ir às centésimas.

2. Com caneta de meias unidades

COM PRECAUÇÃO, dará 2,5 unidades.

Faltará administrar 0,25 que corresponderão a 10 de glicemia por descer.

Querendo baixar os valores para a zona alvo, dará 3 unidades e terá de ir controlando pois possivelmente terá de ingerir alguns hidratos de carbono para evitar uma hipoglicemia.

3. Com caneta de unidades

COM PRECAUÇÃO, dará 2 unidades.

Faltará administrar 0,75 que corresponderão a 30 de glicemia por descer, o que será um valor alto, ficando a glicemia supostamente nos 130.

Querendo baixar os valores para a zona alvo, dará 3 unidades e terá de ir controlando pois possivelmente terá de ingerir alguns hidratos de carbono para evitar uma hipoglicemia.